18 Pensamentos de Arthur Schopenhauer

13:56:00 0 Comments A+ a-



Arthur Schopenhauer nasceu na Alemanha em 22 de fevereiro de 1788 e morreu em 1860. Seus pensamentos pessimistas sobre a vida, regida pela vontade, foram sua maior marca. Sua obra mais conhecida, "O Mundo como Vontade e Representação", caracteriza o mundo como uma maligna vontade metafísica. Apesar de todo esse mau humor, os pensamentos de Schopenhauer são frequentemente vistos em posts de autoajuda no Facebook.

“As pessoas comuns pensam apenas como passar o tempo. Uma pessoa inteligente tenta usar o tempo.”

Arthur Schopenhauer

"Quanto menos inteligente um homem é, menos misteriosa lhe parece a existência.”
Arthur Schopenhauer


“Quanto mais elevado é o espírito mais ele sofre.”Arthur Schopenhauer

“Quem não tem medo da vida também não tem medo da morte.”

Arthur Schopenhauer


A vida é um processo constante de morte"

Arthur Schopenhauer


“Sentimos a dor mas não a sua ausência.”

Arthur Schopenhauer


“Em vez de estarmos sempre e exclusivamente ocupados com planos e cuidados para o futuro, ou de nos entregarmos à nostalgia do passado, nunca nos deveríamos esquecer de que só o presente é real e certo; o futuro, pelo contrário, apresenta-se quase sempre diverso daquilo que pensávamos.”

Arthur Schopenhauer



“O homem nunca é feliz, passa a vida inteira lutando por algo que acha que vai fazê-lo feliz. Não consegue e, quando consegue, fica desapontado: ele é um náufrago e chega ao porto de destino sem mastros nem cordâmes. Não interessa mais se ele foi feliz ou infeliz, pois a vida foi sempre apenas o presente, que estava sempre sumindo e agora terminou.”
Arthur Schopenhauer


“Os eruditos são aqueles que leram nos livros; mas os pensadores, os gênios, os iluminadores do mundo e os promotores do gênero humano são aqueles que leram diretamente no livro do mundo.” Arthur Schopenhauer


“No fundo, apenas os pensamentos próprios são verdadeiros e têm vida, pois somente eles são entendidos de modo autêntico e completo. Pensamentos alheios, lidos, são como sobras da refeição de outra pessoa, ou como as roupas deixadas por um hóspede na casa.”
Arthur Schopenhauer

"Em geral, chamamos de destino às asneiras que cometemos."
Arthur Schopenhauer 

Você também poderá gostar:
Frases de Nietzsche para inspirar seu dia