Mia Couto | Minha primeira lição de poesia

09:40:00 0 Comments A+ a-

Foto: Reprodução Youtube
Inspirado em Manoel de Barros e no próprio pai, Mia Couto exalta o processo de encantamento com aquilo que não é, a princípio, dotado de valor. O escritor moçambicano conta como as experiências da infância com seu pai o ajudaram a ver a beleza da história por trás dos objetos comuns, e da importância desta capacidade para os poetas: "Para encantar o mundo é preciso nós nos encantarmos, sabermos encantar. Saber encantar não é uma coisa tão complicada assim, é saber encontrar uma história. É estar disponível a sairmos de nós, emigrarmos das nossas certezas e sermos capazes de ser outras coisas, outros seres. Essa viagem que é um encantamento."

Link do Youtube: