"O Sofrimento Move a Vida", por Viviane Mosé

11:13:00 0 Comments A+ a-



Viviane Mosé critica como a psicanálise trata o sofrimento:
"Está tudo errado o mal estar na civilização, tudo errado! O sofrimento move a vida, o sofrimento é bacana. O problema da psicanálise é tratar o sofrimento mal. A psicanálise quer diminuir o sofrimento humano? Eu acho que devia aumentar! É o sofrimento que nos move, eu não tenho que buscar o sofrimento mas eu não tenho que achar que eu tenho que acabar com o meu sofrimento: não sou eu que acabo com o meu sofrimento, é o meu sofrimento que acaba por ele. 



Assista ao vídeo compelto, terceiro Episódio da Série de Entrevistas "Anamnese".
Viviane fala sobre poesia, sofrimento, violência, Nietzsche e mais.




A filósofa pondera sobre a importância do sofrimento no crescimento e transformação da vida:
"Eu sou uma pessoa que gosta da vida. Eu não gosto de ser alegre, eu não gosto de ganhar, eu não gosto de ser feliz… eu gosto de viver, e viver é um kit completo. Quem gosta de viver gosta da vida. Eu não procuro o sofrimento, eu não preciso porque ele me procura, agora, quando ele vem eu pergunto "o que você quer de mim? Que aspecto da minha alma precisa crescer e se transformar, o que você quer me dizer, sofrimento?" Aí eu converso com ele, ele fica um tempo e vai rápido embora . Agora, quando ele vem – e ele vem da vida, ele vem da exterioridade, ele vem do choque do homem com a civilização e com a natureza, e das relações – só que esse choque, ele vem para minha alegria, então o que que é alegrar-se? É ser capaz de sustentar o infinito. O que é o homem diferente dos outros animais? O homem é o único que sabe que vai morrer, o homem é o único animal que vê a exterioridade, ele vive e sabe que vive, então todo homem carrega nas costas o infinito. Aí eu pergunto: Quem é o homem bacana? É o que suporta o infinito, e isso implica na capacidade de ser resistente, de suportar, de aguentar… Não. Eu sou criada comprando, amando, que aí você mata o seu amor, porque você quer amar pra parar de sofrer, aí você pega o amor e engole, mata, sufoca e não consegue ficar mais que um ou dois anos com alguém, porque você matou o seu amor de tanta ansiedade para salvar a sua vida."


Mosé ainda fala sobre ganhos e perdas:
"O que que nós não temos na civilização? O valor da vida, e a vida implica em ganhar e perder, a vida está além do ganho e da perda. O que me faz bem não é ganhar ou perder, o que me faz bem é ser potente para viver, e isso é bacana, eu agradeço a cada um dos meus sofrimentos, eu não abriria mão de nenhum deles, e mais, se minha vida está muito reta demais, eu arrumo logo um abismo pra eu me jogar."

https://querobolsa.com.br/?partner_id=dd98d6f31